A participação na Gávea Angels (“Organização”) é um privilégio estendido, por convite expresso, a pessoas físicas e jurídicas, sendo sujeita a renovação periódica, não-renovação, revogação, terminação ou suspensão, pelo Comitê de Associados, segundo normas, critérios e procedimentos estabelecidos no Manual de Operações da Organização.

A apresentação de oportunidades de investimento pela Gávea Angels não se constitui em oferta de investimento, por parte da Organização e nem seu endosso, explícito ou implícito, à realização de quaisquer investimentos por parte de seus associados.

O associado que porventura detiver, ou for percebido como detendo, alguma participação ou interesse prévio, seja financeiro ou não-financeiro, seja direto ou indireto, em qualquer oportunidade de investimento sendo apresentada aos demais associados da Gávea Angels, deverá efetuar uma ampla divulgação de tal fato e da sua essência, junto aos demais associados e à Assessoria Executiva, assim como, fazer constar tal fato e sua essência no respectivo “Registro de Oportunidade de Investimento”.

Os associados deverão ter uma participação ativa nas atividades da Organização, de forma a compartilhar os benefícios gerados por tais atividades e de modo a tornar sua participação benéfica aos demais associados.

Como ser associado

O convite e sua aceitação são referentes a uma das diferentes modalidades de participação (“classes de associados”) estabelecidas no Manual de Operações, cada qual conferindo benefícios e deveres específicos ao associado, conforme constante no respectivo Termo de Adesão e suas eventuais modificações.

Como requisito básico à concessão, renovação e continuação da condição de associado, este último deverá concordar, expressamente, em seguir os termos do Estatuto Social e do correspondente Termo de Adesão de Associado à Gávea Angels, inclusive quanto às modificações introduzidas pelo Conselho Diretor, assim como concordar que sua associação poderá ser revogada, terminada, suspensa ou não-renovada pelo Comitê de Associados, caso o associado venha a infringir os referidos termos. Após cada alteração que venha a ser efetuada em seu correspondente Termo de Adesão, o associado deverá aceitar este novo Termo, ou desligar-se da Gávea Angels.

Decisões relativas à revogação, terminação, suspensão ou não-renovação de associação tomadas pelo Conselho Diretor são definitivas, não sendo objeto de quaisquer recursos.

O propósito da Gávea Angels é expor seus associados a oportunidades de investimento em empresas nascentes e, em especial, àquelas oportunidades trazidas pelos próprios associados, assim como proporcionar um fórum para educação e para troca de informações e idéias relativas a essas oportunidades, às boas práticas de investimento nessa classe de ativos e aos diferentes aspectos do desenvolvimento de empresas nascentes.

Espera-se dos associados que efetivamente contribuam:

  • Tirando proveito das oportunidades de investimento que lhes são apresentadas;
  • Participando, assiduamente, das atividades da Organização;
  • Cooperando, em regime de expectativa de reciprocidade, nas atividades de investimento dos demais associados;
  • Participando dos diferentes comitês da Organização.

Responsabilidades

As contribuições e as atividades desenvolvidas por cada associado serão examinadas, anualmente, pelo Comitê de Associados e servirão de base para a renovação da sua filiação à Organização.

A associação junto à Gávea Angels não cria qualquer direito ao associado em participar de quaisquer oportunidades específicas de investimento que possam ser objeto de consideração nas atividades da Organização.

A Organização não possui autoridade e nem a responsabilidade, de aceitar ou rejeitar a participação de qualquer associado em uma dada oportunidade de investimento. Esta decisão, de aceitar ou rejeitar a participação de um associado, é da exclusiva competência e discrição do ofertante daquela oportunidade de investimento – i.e., o empreendedor – o qual poderá inclusive aceitar investidores que não sejam associados da Gávea Angels, desde que cumprido o período de carência da exclusividade da respectiva oferta de investimento aos associados da Organização.

O associado é responsável por tomar, de forma individual e independente, suas decisões de investimento, tanto a respeito do mérito e do valor a ser aplicado, quanto dos termos negociais desta aplicação.

Área do Associado